Buscar
  • @thutzthutz

PARA INÍCIO DE CONVERSA

Atualizado: 17 de mar. de 2021

Ou pressupostos que poderiam ser óbvios para um diálogo que não procure consenso e que preserve o dissenso sem mágoas...porque tá difícil!




- Ninguém, repito, ninguém sente ou entende o que você sente ou o valor/significado que as coisas possam ter pra você. Sentimentos e emoções são terrenos opacos para se achar que alguem tem certeza do que diz sentir. As dores e delícias das experiencias vividas são só nossas e nem a gente mesma entende, imagina esperar isso de outra pessoa... Igualmente, você não tem como dizer ou saber o que outra pessoa sente, entende, pensa...


- É muito importante estar disponível a ouvir e a perceber os rumos que a conversa possa levar. Antecipar o que se vai falar enquanto outra pessoa fala é cair em duos monológicos, onde uma pessoa fica falando apenas do seu ponto de vista, restando à outra apenas consentir ou negar o que está sendo dito. Uma conversa não deve ser tipo uma pergunta de múltipla escolha.


- Retribuir perguntas. Frases corriqueiras como: ‘e você?’ ganham uma imensidão, são simples, mas ajudam para que a conversa se desenrole, se não passa a ser um informativo e não uma conversa.


- Não tente convencer a outra pessoa de nada, persuasão não é a melhor forma de resolver alguma situação, tampouco ficar só argumentando ou se justificando para demonstrar que tem razão sobre algum assunto. Entrar num túnel de exemplos para fazer a outra pessoa acreditar e consentir é perverso. A sua visão e suas convicções só fazem sentido para você.


- Dê pausas. As vezes nos afetamos tanto com o que está sendo dito que isso nos desorganiza, parece que o chão treme e as mãos de fato tremem. Se deixarmos, isso tudo vira muita energia que pode gerar agressividade ou causar tristezas profundas. É muito importante respeitar silêncios e pausas, são momentos para voltar a si, respirar e organizar. Isto também ajuda a ouvir melhor o que é dito para responder.


No mais, ficam aqui estas indicações para podermos conversar, ignorá-las tb é uma possibilidade. Afinal, tudo isso é para mostrar como somos imperfeitos e vulneráveis, até as pedras são mutáveis, adaptáveis e sensíveis ao seu meio.


Então, BORA CONVERSAR!

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
zona tórrida_IDV-16.png